20090305

Um rosto?


O OLHAR, óleo s/tela Tenini (Teresinha Canini Avila)

Um rosto, uma promessa, uma esperança no olhar. Um deixar fluir a vida no embalo de um sorriso, na insegurança de uma sílaba mal articulada, de uma gaguez de palavras mal soletradas. Encantamento.
Quem suportará padecer de um encantamento e sobreviver? Quem soçobrará a uma réstia de calor que perpasse na retina, a um lampejo de fogo que ateie um resquício de lume mal inflamado? Um louco? Por pouco se desenha um eco que não o chegou a ser. E se sucumbe. Por pouco, muito pouco!
Até que chega o tempo, a hora, em que as inseguranças passam a ser apenas lembranças e, até estas, se desvanecem. Tarde amanhece o espanto da mão que não foi dada, da sombra que não passou de aparência, da pergunta que não chegou a ser formulada. E nem por isso se deixa de olhar sem ver, e de acreditar sem querer. Nem de crer que a alma derreta ao toque de um silêncio ou de uma trombeta. Por mais breve que seja o tempo da nota, ela não deixará de fazer a música, nem a melodia seria igual se ela lhe faltasse. Nem a vida seria a mesma sem o encantamento do amor.
Mas amor é a própria vida. Amor que se dá, amor que se traz, amor que se faz. Amor, sempre amor! São olhares, são palavras, são mãos, são braços, são abraços e beijos. E desejos. E também são lágrimas, soluços, ou sorrisos, ou só pensamentos, ou pressentimentos, ou apenas imagens, paisagens, miragens, ou aragens, ou uma ligeira brisa ou, talvez, ventania. Um vento no rosto. Um rosto.
Um rosto? Nem sempre o chega a ser!

(M. Fa. R. - 28.02.2009)

10 comentários:

VFS disse...

um instante.

em certezas ou duvidas momentaneas.
como a vida,
num ténue sopro.

procuro o rosto do amor.
porque o sinto!

belas palavras!

Dennys Reys disse...

O rosto de quem ama e o do próprio é amar... não se sabe se existe, pois este está em plena construção...

Abraços

malu disse...

Ehh lá!

Bravo, bravo! Não é que não me ocorre mesmo mais nada?

Mas que bem escrito, que bonitoooo!

Bjs!

Benó disse...

Amor é tudo isso que tu muito bem descreves.
Gostei muito de te ler.

prafrente disse...

O amor é algo que doi sem doer, que arde sem se ver...o amor é o único sentimento que dá sentido á vida...

bom fim de semana

Isabel José António disse...

Só o amor poderá dar sentido e fazer surgir os rostos que valem a pena...

Há novidades nos blogues de Isabel e José António:

http://flordojacaranda.blogspot.com/
http://reflexoessentidas.blogspot.com/
http://diarioestetico.blogspot.com/
http://newsletterfromlisbon.blogspot.com/

E no OBSERVATÓRIO há uma homenagem do dia da Mulher.

Abraço,

Isabel

Mariz disse...

Salvé querida!
Penso que os rostos mais marcados ou não, são sempre visíveis e quem o esconde...esconde o coração.
Hoje venho informar que foi inaugurado mais um blog meu - mesmo inacabado mas queria que coincidisse com o dia de hoje - e vai incidir no que for necessário para ajudar o Planeta e também o nosso próximo; por isso lhe chamei "Ajuda e Divulgação".Lá, está visível uma prenda e um beijo, para todas, neste DIA ESPECIAL.
Seguidamente - e basta clikar lá no blog "ÓSCARES" - está já preparada uma homenagem, onde o prémio "MULHER 2009" espera a visita das que de uma forma mais assídua ou "en passant", vêm acompanhando o blog oficial "SOU PÒ E LUZ"! - este também existe um mimo para todas.
Espero que gostes!

Abraço meu
Mariz

Jorge P.G disse...

Começo por uma referência à foto do óleo escohido. Belíssima!

O texto demonstra, acima de tudo, qualidade. Óptimo exercício de escrita poética conducente à reflexão e à compreensão da mensagem de que "tudo vale a pena, se a alma não é pequena".

Um abraço.

Pjsoueu disse...

Fa menor:)

M: Fa. R,: Excelente o que leio - O ultimo parágrafo é apoteose da festa do amor na plenitude da viva vivida:)Permite que faça copy:
"Mas amor é a própria vida. Amor que se dá, amor que se traz, amor que se faz. Amor, sempre amor! São olhares, são palavras, são mãos, são braços, são abraços e beijos. E desejos. E também são lágrimas, soluços, ou sorrisos, ou só pensamentos, ou pressentimentos, ou apenas imagens, paisagens, miragens, ou aragens, ou uma ligeira brisa..."

parabéns e muita vida; em amor vivida:)

beijos do Pj

Fa menor disse...

Obrigada a todos pelas vossas palavras... cada qual no seu tom, que muito apreciei!