20101218

Escrever é Voar



– Um escritor pode delirar de forma deliciosa ao escrever. Pegar nas nuvens e com elas erguer castelos, cavalos, cavaleiros, pastores, rebanhos, pradarias, florestas, flores, sinfonias; e muitas cores roubar ao arco-íris para pintar um painel; e com o mesmo pincel soletrar o calor do sol ou o orvalho, a chuva, o frio, a neve, ou o amor, o trabalho, a dor, a tristeza, a alegria; e a fome, a guerra, a paz, a vida, a morte, a fortuna ou a má sorte podem estar lado a lado na mesma paleta; e cruzarem-se mares e céus, rios e ruas, estrelas e luas, vulcões, e ventanias, ou vendavais, trovoadas, tempestades, furacões e tudo o que se quiser e ousar fazer brotar dos lábios e dos corações. Acreditas?
Escutava-o enlevado. Quando se tem 15 e 16 anos pode-se ter o mundo aos pés sem se o saber. Pode-se, até, ter o mundo na mão e fazê-lo girar, ou então deixá-lo cair por senti-lo pesado.
– Isso é voar. E fazer sonhar. Eu também sonho um dia ser escritor. Escrever isso e muito mais. Escrever um livro, como tu. Imprimir no papel palavras que me nasçam na mão, mas não sei se isso é querer agarrar com os dedos a lua toda, cheia, quando apenas se vai sendo tocado por uns raios do seu luar.
– Quando se sonha tudo é possível: a lua brilha-te na mão; as estrelas sorriem-te nos olhos; o arco-íris solta-se-te da boca; o sol é o teu coração; e todo tu és rios e mares, fogo e água pura, areia que enche o deserto, camada de ozono que envolve a atmosfera; és a própria atmosfera, o ar que tu próprio respiras. Acredita: “O sonho comanda a vida”. E tu podes. Tu és. Aceita. E avança resoluto, sem nenhum receio de contrariares ventos, correntes e marés. Firma os pés na terra, deixa que te escorra no peito o suor dessa guerra e, nas mãos, terás ganho essa luta.

(M. Fa. R. 16.11.2010)


Para todos, os meus votos de um feliz Natal de luz, paz, amor e alegria!

15 comentários:

AC disse...

Fa,
Para além da poesia que encerra, há muita nobreza naquilo que diz.

Desejo-lhe um Natal pleno de essência!

Beijo :)

antonio - o implume disse...

O maior sonho é esse desejo incontido de sonhar. Gostei muito deste teu texto, solto, convida a voar sobre ele.

DE MÃOS DADAS disse...

Gostei muito Fa
Feliz Natal

Baila sem peso disse...

Espero que a(corda)r no teu sonho
te tenha feito voar!!!...
O texto é um docinho a sonhar
mas com que se aprende a lutar!

Recebe um beijinho menina musical
e para ti também um Santo Natal!

Ailime disse...

Amiga Fá,
Linda escrita, maravilhosa mensagem.
Retribuo votos de um Santo e Feliz Natal.
Beijinhos,
Ailime

Nilson Barcelli disse...

Um bom escritor, transforma a realidade em ficção.
Querida amiga, desejo-te um Feliz Natal.
Beijos.

O Árabe disse...

Realmente é: escrever é voar. E querer carregar a todos nesse vôo, que nos faz enxergar um mundo melhor! :) Feliz natal, amiga; boa semana.

Mar Arável disse...

Voar mais que os pássaros

Graça Pires disse...

Escrever é voar tão alto até perder todas as sombras.
Um Natal de LUZ e um Ano novo MELHOR
Beijos.

ADiniz disse...



Hj meu desejo é somente em agradecer por ter compartilhado seus momentos comigo por mais um ano.
Obrigada e um Feliz Natal e um 2011 regados de sabedoria para obter equilíbrio no regalo da Paz.

Bjs ADiniz

jo ra tone disse...

Boas Festas,
Feliz Natal

Beijinho

Vieira Calado disse...

Olá, amiga!

Passado que está o Natal,

vem aí o NOVO ANO!

Vamos todos escrever e voar,

outra vez!

Que seja de fundadas esperanças,

realizadas,

para si!

Bjs

Nilson Barcelli disse...

E como o Natal já lá vai, desejo-te um excelente 2011, querida amiga.
Beijos.

© Piedade Araújo Sol disse...

também acho...
um texto muito bonito que dá prazer ler.
obrigada!
Bom ano e boas escritas!
beij

avlisjota disse...

Quando se sonha tudo é possível... há que imprimir energia aos sonhos e sonhar...

Bjs Fa, bom ano e continua a escrever assim, maravilhasticamente. :-)

José