20111228

Poema partido





Faz de conta que o frio casa com a fogueira
Faz de conta que a neve se deita com o mar
Faz de conta que o beijo se bebe à distância de um verbo
Faz de conta que o abraço se cinge no olhar

Faz de conta que a chuva se enamora do sol
Faz de conta que o céu se cristaliza de sal
Faz de conta que a paixão é um verso perdido
Faz de conta que o amor é um poema partido
Faz de conta que a dor é um doce sinal

Faz de conta que a lua é um manto
Faz de conta que a maré é um barco ancorado
Faz de conta que o amor é o mar
Faz de conta que as ondas são rios de luar
Faz de conta que a espuma é chegada e partida
Faz de conta que a sorte é um jogo de azar

Faz de conta que a sede se sacia no vento
Faz de conta que a fome se aplaca com o tempo
Faz de conta que o calor é um gemido
Faz de conta que a lágrima é uma prece
Faz de conta sem conta ou medida
Faz de conta que a paz se conquista na vida
Faz de conta que na vida tudo se esquece

Faz de conta…
Faz de conta…
Faz de conta…



Faz de conta que o Novo Ano será para ti aquilo que mais desejares que seja!


Bom Ano de 2012!

21 comentários:

mfc disse...

É verdade... a gente vai fazendo de conta!!
Mas não foi a fazeres de conta que escreveste um poema tão lindo!

AC disse...

Ainda bem que, apesar de dissimulado, o teu faz de conta é uma forma de semear esperança.
Um bom 2012!

Beijo :)

Isamar disse...

Feliz Ano Novo, amiga! Que todos os teus desejos sejam concretizados apesar do mau momento por que passamos. Saúde, Paz, Amor...

Beijinhos

Bem-hajas!

Ailime disse...

Amiga Fá,
Sublime e bela mensagem contida neste "Faz de conta", que ecoa como que um grito de alma, mas onde a esperança é perceptível em cada verso escrito…Muito Lindo!
Bem-haja.
Que 2011 seja para si um ano de renovada esperança em constante melodia :)!
Beijinhos,
Ailime

retrato... disse...

"faz de conta" que eu te estou a agradecer e a retribuir os teus votos.

"faz de conta de seres Feliz...".
"faz de conta que eu te estou a dizer que tiveste a sabedoria de conjugares as palavras e que, "faz de conta", resultou num inteligente e agradável (de leitura e mensagem) Poema.

"faz de conta" que aqui te deixo o meu Bj...nho.

Isabel José António disse...

Bom ANO de 2012!

E um xi coração dos Amigos

Isabel e José António

A.S. disse...

Que teu ano seja intenso, leve, e maravilhoso... sem fazer de conta!...


Beijos!
AL

Mar Arável disse...

Tudo prlo melhor

mesmo neste Inverno prolongado

Olinda Melo disse...

A imaginação é a melhor parte da nossa vida.

Tudo pelo melhor, querida Fa!

Um Bom Ano.

Beijos

Olinda

. intemporal . disse...

.

.

. a.pesar dos pesares . que todos sabemos . não posso deixar de Lhe desejar um bom ano novo . essencialmente realizável . que o resto . a ser tudo . ficará para depois .

.

. um beijo meu .

.

.

mfc disse...

Que em 2012 possas concretizar muitos dos teus projectos e que ele venha bem menos farrusco do que o pintam.
Um grande abraço!

Lilá(s) disse...

Que bom fazer de conta...amiga, vim trazer-lhe o meu abraço no alvorecer de mais este ano com votos de paz, saúde e alegrias, em cada um dos seus dias.
Bom ano de 2012
Bjs

Evanir disse...

Agradeço o carinho e cordialidade
que recebi nessa passagem de Ano.
Todas as palavras não
expressa meu carinho e gratidão.
Obrigada por tanta sensibilidade de coração
muito feliz venho agradecer.
Uma linda semana a primeira de 2012.
Beijos carinhos.
Evanir.

Isabel José António disse...

Querida Amiga Fa menor,

Não faças nunca de conta
Que a vida é mesmo a sério
Mesmo algo de pouca monta
Encerra em si um mistério

Descobre antes o tal segredo
Que te abre os olhos a sorrir
Afastando todo e qualquer medo
Iluminando sempre o teu devir

Mesmo que tudo à volta desmorone
Mantém-te firme quase impassível
Não há tempestade que te destrone
Desse teu Eu profundo...Invisível

Descobre as teias da Grande Vida
Urdidas pelas Leis da Natureza
E mesmo que estejas só escondida
És forma concreta da Eterna Beleza

Um fantástico ano de 2012

Um abraço

José António

Nilson Barcelli disse...

Vamos então fazer de conta que tudo será melhor...
Querida amiga Fa, bom resto de semana.
Beijo.

Nilson Barcelli disse...

PS: gostei da forma como escreveste todos os faz de conta. Resultou um excelente texto ou poema.

O Árabe disse...

Faz de conta... a melhor forma de ser feliz! :) Feliz Ano Novo, amiga.

© Piedade Araújo Sol disse...

vamos então fazer de conta, e viver feliz sempre

um bom ano sereno contrariando tudo e todos

obrigada!

um beij

Mário Margaride disse...

Olá minha amiga

Como diz o poema, vamos fazer de conta que este Ano de 2012 nos trás o que mais desejamos. Já que, na realidade, é muito complicado fazermos qualquer prognóstico.

Apesar disso, votos de um bom 2012!

Beijinhos

Petrus Monte Real disse...

Fá,

"Fazer de conta"
é forma de vida;
aliás,
a única que nos transporta ao mundo da infância
e mantém acesa
a chama da imaginação e da utopia
de que tanto precisamos nos dias difíceis que correm.

Hoje é dia de Reis, uma bela ocasião para formular os votos de um bom Ano Novo de 2012!
Grande abraço

Vanuza Pantaleão disse...

É verdade, muitos preferem viver no mundo do faz de conta. Sinceramente, a mim isso não agrada. Ter o máximo de sinceridade consigo e mesmo e para com os demais, ainda é o melhor remédio para os nossos males. Mesmo que o remédio seja amargo, ele cura as nossas feridas interiores que são as piores.
Bom momento de reflexão, Fa!
Carinho e paz!