20120630

Um Arco-íris e… um Fio-de-prumo




Já toda a gente viu um arco-íris. Se calhar, nem toda a gente viu um fio-de-prumo, ou sabe o que é. Eu já. Ambos. Já corri atrás de um arco-íris. Já tive um fio-de-prumo nas mãos. E tenho um fio-de-prumo na vida e um arco-íris no olhar.
Entre um arco-íris e um fio-de-prumo há uma diferença abismal. Ou nem tanto, nem tanto…
Um dia, um arco-íris encontrou um fio-de-prumo. Ou um fio-de-prumo encontrou um arco-íris. Encontraram-se um ao outro. Chega sempre algum dia em que os opostos se cruzam. Um arco-todo-redondo e um fio-todo-vertical. Um arco de luz de todas as cores e um fio descorado pela labuta serviçal. Cada um com as suas qualidades e as suas diferenças – bem diferentes, por sinal. Ou nem tanto, nem tanto…
Com um céu cinzento como pano de fundo, depois da chuva, o arco-íris aproximou-se de mansinho e brilhou. O fio-de-prumo espreitou: chovia ainda?... Ah, o que era aquilo?! Foi acostando o olhar…
— Olá, sou o Arco-íris… queres passear? As minhas cores podem elevar-te pelo ar.
Nunca tinha visto nada assim… o fio-de-prumo, sempre tão direito e sisudo, apoiou o queixo no parapeito da janela e começou a sonhar… podia, quem sabe, conhecer outros mundos, outros lugares… e, sem saber como, deixou-se levar. Correu o firmamento, subiu aos pontos cardeais… observou toda a esfera celeste, traçou-lhe círculos verticais; e pode constatar que há sempre mundos tão diferentes que se podem tocar.
E o arco-íris amou esse fio-todo-vertical em si suspenso, que lhe aprumava a postura acima da linha do horizonte.

10 comentários:

Mar Arável disse...

Encontros na diferença

de todas as cores

mfc disse...

Um diálogo lindo e que nos faz sonhar!
Beijinhos,

Álvaro Lins disse...

Desta vez excedeste-te!
Li, reli e fiquei a imaginar o fio-de-prumo (que sei o que é), a ser amado pelo arco-íris:).
Desta vez é um
Beijo e um Abraço

Ana Tapadas disse...

De uma sensibilidade extraordinária.

bj

Ailime disse...

Olá Fá,
Uma história linda e original!
E porque não o fio-de-prumo sonhar e deixar-se envolver pelas cores do arco-íris e com ele conhecer e percorrer outros mundos e outras cores.
É nas diferenças que por vezes se encontra a complementaridade.
Beijinhos e boa semana.
Ailime

Nilson Barcelli disse...

"E tenho um fio-de-prumo na vida e um arco-íris no olhar."
Eu já sabia, antes mesmo de tu o dizeres.
E o teu mini-conto é muito bom. Gostei imenso. Parabéns pela tua criatividade.
Beijo, querida amiga.

Lilá(s) disse...

É impossível não gostar deste pequenino conto, eu sinto-te com um arco-íris no olhar...
Bjs

O Árabe disse...

Jamais pensei que se pudessem misturar o fio de prumo e o arco-íris... mas ficou ótimo! Boa semana, amiga.

poetaeusou . . . disse...

*
Amiga,
irisadas são as tuas palavras !
,
conchinhas versus fio-de-prumo,
ficam,
*

BlueShell disse...

Muito especial...ler-te é um privilégio! BJ