20130822

Importa É Voar




Voar.
Ir ao encontro da luz mais brilhante,
ou apenas da linha do horizonte.
Riscar o céu, as nuvens, a lua…
ou apenas as flores.
Ser pássaro, anjo, ou apenas libelinha,
tanto faz.
Importa é voar.

9 comentários:

Mar Arável disse...

Na verdade

Ana Tapadas disse...

O importante é isso mesmo minha amiga.

bjs

SOL da Esteva disse...


Querida Amiga. Boa verdade.
"Importa É Voar", pairar, sonhar...
As conquistas fazem-se assim.
parabéns.


Beijos


SOL

. intemporal . disse...

.

.

. pois então . por isso então . voemos . :) . _______________ .

.

. para que possamos ser então . tudo aquilo que queremos . e que também merecemos . pois merecemos .

.

.

. bom fim de semana .

.

.

. um beijo meu .

.

.

Ailime disse...

Olá Fá, como vai? Que poema lindo! Apetece seguir as palavras e voar, voar... Beijinhos Ailime

Nilson Barcelli disse...

É isso, mesmo que as asas tenhas só algumas penas...
Belo poema, gostei muito.
Querida amiga, tem um bom resto de semana.
Beijo.

Fê blue bird disse...

Um poema feito para mim.
Adorei e estou seguindo o seu blogue!


beijinho e bom fim de semana

Zilani Célia disse...

LINDO MESMO.
AH SE TIVÉSSEMOS A CAPACIDADE DE VOAR E EM ALGUNS MOMENTOS SAIR POR AI...
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Emília Pinto e Hermínia Lopes disse...

Muito lindo e oportuno para estes tempos em que cada vez mais o ser humano se isola no " seu mundinho " e não abre o seu coração aos outros; está a ficar só, o ser humano,porque na sua ânsia de procurar o" Ter " cada vez vez mais se esquece do fundamental; abrir-s aos outros numa perfeita comunhão entre todos os seres vivos e, porque não,também entre todos os outros seres que a natureza tão sabiamente colocou ao nosso dispôr. Não observa...não compartilha...não escuta; o dia passa depressa demais, porque nós não o apreciamos da maneira certa. Chegamos à noite com a sensação de que o dia nem sequer teve as 24 horas que nos ensinaram ter. É triste, mas é assim que estamos. Beijinhos, amiga e obrigada por esta reflexão que me levaste a fazer precisamente em que considerei o meu dia como terminado. Fica bem e até sempre.
Enmília