20111026

Enfim




Chove. Enfim.
O guarda-chuva, perdido no fundo da mala, há muito que esperava para se abrir. Abriu-se. Enfim.
Tremeu. Abanou. Brrr! Quase se virou ao contrário.
Suportou, enfim, a dança dessa chuva tocada pelo vento numas cordas desafinadas, tão mal dedilhadas... e a um ritmo descompassado, de acordes tão imperfeitos quanto desvairados.
Enfim. Chove.
Quem nos acode?

12 comentários:

Olinda Melo disse...

É mesmo, Fa, quase que já nem contávamos com ela. E trouxe intensidade e vento tal como mostra a imagem. O guarda-chuva revela-se quase impotente...uma dança de ritmos descompassados, diz bem.

Bj

Olinda

AC disse...

Pois é, Fa, teimamos em ver imperfeição naquilo que nos ultrapassa.
Ninguém nos pode acudir, a não ser nós próprios e a nossa teia de cumplicidades. E é tudo a que podemos aspirar.

Beijo :)

Ailime disse...

Fá,
Enfim, a chuva chegou algo forte e vento a desnorte...
Vou confessar-lhe. Desde criança que gosto de chuva, de passear à chuva!
Um beijinho e já agora que o tempo amaine.
Um beijinho.
Ailime

tecas disse...

E chove bem... acompanhada com ventanias.Ninguém nos pode acudir...chove muito além da chuva que vem das nuvens...Imagem bem elucidativa, querida Fa.
Bjito amigo e uma flor.

Mar Arável disse...

Que cheguem partilhados

os belos relâmpagos

mfc disse...

Só nós nos podemos acudir!
um texto interrogativo lindamente construído.

Nilson Barcelli disse...

Não houve guarda-chuva que resistisse...
Querida amiga, tem um bom Domingo.
Beijos.

BlueShell disse...

O meu guarda-chuva...estranhou...mas desempenhou bem o seu papel.

A forma como escreves é...deliciosa!

Bj

Lilá(s) disse...

Consegues dar um ar de graça a uma chuvada!
Bjs

Mário Margaride disse...

É verdade amiga fá. O tempo é assim mesmo. Não gosto particularmente da chuva. Prefiro o frio.

Gostei desta tua divagação sobre as intempéries emocionais...

Beijinhos e um excelente fim de semana!

Mário

O Árabe disse...

Com certeza, não o guarda-chuva que o vento quase carrega. :) Boa semana, amiga!

Nilson Barcelli disse...

Enfim, não tem chovido.
Mas quarta-feira talvez regresse...
Beijos, querida amiga.