01/11/2009

Novembro

 
Adriana Saez Paredes, Crisantemos

Em Novembro, o São Martinho: castanhas e vinho. E lume. E chá quente. Pois, frio. Geada. Roupa mais quente e aconchegada. Mês de saudade e solidão; de rosários de orações pelos entes queridos que se foram. Todos os Santos. Crisântemos são as flores que alegram o sofrimento das ausências.
M. Fa. R. (17.03.2009)

19 comentários:

  1. Fa;

    Sempre tive uma certa atração por Novembro. Alem de todas essas citações, como o São Martinho que mata o porco e fura o pipinho, o dias de lembrarmos todos os familiares e amigos que já partiram, os magustos das castanhas quentinhas e boas, o abrir os armários e tirar a roupa para o frio, etc... gosto também de Novembro porque é o meu mês.

    Novembro, Sempre...

    bjs, Fa,
    Osvaldo

    ResponderEliminar
  2. Novembro: o mês em que os crisântemos são mais brancos... para alegrar "o sofrimento das ausências".
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  3. Pois... vamos mesmo ter que mudar de roupa.
    Este ano o Outono atrasou-se.

    ResponderEliminar
  4. pois e amiga e um mes de saudade e dor para as familias do qual alguns seus ente queridos ja partirão assim como o meu menino,apesar de ser um homem continuará a ser o meu menino eternamente...um beijo na paz de cristo....

    ResponderEliminar
  5. Este mês é um mês que nos remete em face daquilo que somos, seres mortais...Será isso? E a Esperança...? Também gosto destas flores crisantemos...

    Passamos a coisas mais sérias
    eu prefiro ir comer umas castanhitas e beber um copito, isto de questôes dificeis não gosto

    Beijinho amigo

    ResponderEliminar
  6. Fá,
    O mês de Novembro para mim é sinónimo de nostalgia.
    Bjs.

    ResponderEliminar
  7. *
    meditativo poema,
    sem crisântemos,
    unica flor que não gosto,
    ,
    conchinhas floridas, deixo,
    ,
    *

    ResponderEliminar
  8. O Novembro de S. Martinho é um mês único. Coincide com a Feira anual da minha terra, a feira dos Santos e, apesar de já não ter para mim o encanto de outros tempos, trás-me sempre à memória boas recordações. Nem que seja só por isso e pela bela da castanha assada, ganha outro sabor. Bjs

    ResponderEliminar
  9. Coincidência ou não
    o meu último post também é sobre o mês de Novembro.
    Trás-me sempre à memória boas recordações de férias pelo mundo.

    Como sempre teus textos nos conduzem à meditação bem como nos mostram situações reais da vida.

    Como é bom ler-te.

    Quantas vezes um abraço de alguém faz milagres!!!
    Beijinhos.Bom domingo.

    ResponderEliminar
  10. é amiga sempre gostei deste mês ,
    é o mês dedicado ás almas do purgatório para rezar-mos por elas .
    é uma altura que nos lembra também que o natal está proximo .
    que o frio vai apertar , anoitece mais cedo .....

    beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Quando Novembro chega ,recordo mais uma vez com muita saudade, como o faço frequentemente durante todo o Ano, aqueles que eu muito amei e que já partiram,e vou sempre no Dia dos Finados depositar flores e rezar junto das suas campas. Novembro é para mim um mês de nostalgia embora no dia de S.Martinho me sinta um pouco mais alegre e menos nostálgica ao reunir-me com filha e netos para saborearmos as nossas castanhas

    ResponderEliminar
  12. "... que alegram o sofrimento das ausências." Uma frase aparentemante tão simples mas com um mundo de emoções lá dentro! E com um sorriso florido de aceitação, que a morte completa o ciclo da vida.

    beijos.

    ResponderEliminar
  13. Você mencionou as datas, o clima e o sentir que povoam novembro. Eu me fixo na dor da saudade, que ele sempre faz aflorar. Bjs.

    ResponderEliminar
  14. Linda foto e tantas datas em novembro, alegres, tristes ...beijos, chica

    ResponderEliminar
  15. Novembro, quando os crisântemos adornam os túmulos de nossos entes queridos
    abraço

    ResponderEliminar
  16. Gosto muito de crisântemos e de decorar a minha casa com eles.
    Lamento a conotação funesta que têm em Portugal.

    Gostei muito do seu texto poético dedicado a Novembro.
    Está a arrefecer, sim.
    Beijinho
    ~~~~~

    ResponderEliminar
  17. Ah... mas os crisântemos são lindos!
    Tristeza não, saudade dos que se foram...
    😢

    ResponderEliminar
  18. Gostei do texto dedicado ao mês de Novembro.
    Bjs

    ResponderEliminar
  19. Bello poema te mando un beso

    ResponderEliminar

«a vida, a meu ver, é polarizada entre a prosa – ou seja, as coisas que fazemos por obrigação, que não nos interessam, para sobreviver – e a poesia – o que nos faz florescer, o que nos faz amar, comunicar. E é isso que é importante.»
(Edgar Morin)

poderá também gostar de:

Tons Maiores: