15/11/2021

Vvvvvvvuumm



Vvvvvvvuumm… vvvvvvvuumm… o vento veste um capote de voo agreste e vvvvvvvuumm, vai pelos ares levando consigo muito do que encontra pelo caminho: leva velho, leva novo; leva leve e pesado; curto, comprido, plano, esférico, canelado; seja palha, papel, bola, árvore ou telhado… 
Vvvvvvvuumm… o vento agitado numa garrafa no céu, e despejado, faz um vvvvvvuumm vvvvvvuumm tão apressado até ao chão, desalmado, e levanta no seu capote de voo o que estiver mais à mão desamparado.
Ah, desgraçado!

15 comentários:

  1. Um dia os cravos falarão

    ainda mais alto

    ResponderEliminar
  2. Um texto instigante e lindo. Meu beijo.

    ResponderEliminar
  3. Belo texto-onomatopeia dos dias que vivemos...muito criativo e com as palavras medidas e exactas.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  4. Pois digo-lhe que eu pouco simpatizo com o vento, claro, quando ando na rua.
    Mas gosto dum bom vento intratável a zunir, quando estou no aconchego do lar...
    Beijinho para si!

    ResponderEliminar
  5. interessante...mas não gosto muito dele, que me leva num ápice...

    beijo

    :)

    ResponderEliminar
  6. Quando o vento se transformar em brisa, tudo será suave e acolhedor.
    A Esperança existe.



    Beijos


    SOL

    ResponderEliminar
  7. *
    são aladas,
    as tuas palavras,
    memória(is)diria !
    ,
    aladas marés,
    deixo,
    *

    ResponderEliminar
  8. O Vento é vida e, como ele, nem sempre a vida é suave; às vezes leva-nos de rompante, sem aviso com um turbilhão de emoções, problemas, acontecimentos trágicos, outras conduz-nos pela mão guiando-nos para que trilhemos o caminho mais fácil. Os ventos não andam nada meigos...a vida segue-lhe os passos e nós...bem...temos que nos segurar o melhor que pudermos, pois apesar de tudo o vento é necessário para o equilibrio da natureza que somos todos nós. Um beijinho e gostei muito
    Emília

    ResponderEliminar
  9. Caramba! Será que ele topa levar os meus problemas? :) Boa semana!

    ResponderEliminar
  10. Até me senti levado por esse vento...
    Um beijo, querida amiga Fá.

    ResponderEliminar
  11. Não gosto do vento quando ando na rua, mas quando estou em casa não desgosto de o ouvir !
    Uma boa semana com Sol e sem vento.

    ResponderEliminar
  12. Um vento gelado, um vento cálido,um vento que ralha, um vento que acaricia, um vento é sempre ar em movimento...

    Beijo.

    ResponderEliminar
  13. Uy a veces da miedo el viento pero tambien me gusta. Te mando un beso

    ResponderEliminar
  14. Ventos fortes assustam! E cada vez mais são perigosos. Além do que trazem com eles, grandes e devastadoras tempestades. Temos observado nos noticiários como tem sido um pouco por todo o planeta.
    Uma foto bem interessante e um texto a complementar… ou vice-versa, quase chega aos nossos ouvidos, a brutal ventania.
    Boa semana.
    Beijinhos

    ResponderEliminar

«a vida, a meu ver, é polarizada entre a prosa – ou seja, as coisas que fazemos por obrigação, que não nos interessam, para sobreviver – e a poesia – o que nos faz florescer, o que nos faz amar, comunicar. E é isso que é importante.»
(Edgar Morin)

poderá também gostar de:

Tons Maiores: