02/10/2009

Outubro

Em Outubro, as folhas das árvores ficam multicolores e caem … e caem as castanhas ao abrir dos ouriços. Já não há andorinhas nos beirais. A vida entra num ciclo de decadência. O tempo é cinzento; cheira a frio e a vento, que nos faz enrolar nos cobertores. E chove. Os chapéus-de-chuva viram-se do avesso, num misto de bonito e feio.
M. Fa. R. (17.03.2009) Adenda em 01.10.2009:
Gosto de ficar sentada a olhar para as folhas do parreiral a cair, embaladas (as folhas e eu) pela brisa morna da tarde... um sinal de que tudo tem o seu tempo; e de que há um tempo para tudo.

17 comentários:

  1. Gosto destas contemplações calmas e atentas.
    Dão-me paz!

    ResponderEliminar
  2. Olá.

    Volto aqui para matar a saudade. Sempre que o tempo permite aproveito para visitar e me atualizar. Confesso que estou ausente face às atividades, mas como diz o poeta; “amigo é coisa para se guardar debaixo de sete chaves, assim falava a canção...” Aproveito para compartilhar o poema a seguir;
    "Viva a Vida"...
    “Por que Viver é Exalar Pura Energia!
    É Devolver Sorrisos.
    É Acreditar que o Bem Sempre Vence o Mal.
    É Conquistar Amigos.
    É Ser Sempre Leal e Fiel.
    É Transformar a Dor em Alegria.
    É Ter Amor no Coração.
    É Correr Atrás dos Sonhos, da Inspiração, e dos Projetos
    Buscando Sempre o Entendimento das Coisas.
    Viver é Ser Sempre da Paz.
    É Orar em Agradecimento pelas Dádivas Recebidas.
    É Buscar o que Te Faz Bem, e aos Outros Também.
    Viver é Lembrar que o Sorriso é o Idioma Universal.
    É Lembrar que o Final não Existe.
    É Saber que Tudo é um Eterno Recomeço.
    E Ver a Vida Sempre com o Amor no Coração.” A. d.
    Votos de um ótimo fim de semana. Muita paz, saúde e proteção. Brilhe sempre! Fique com Deus. Sucesso...

    Valdemir Reis

    ResponderEliminar
  3. Fá,
    Agora é o tempo de recolhimento e nostalgia do que foi vivido nos meses de explendor.
    Bjs.

    ResponderEliminar
  4. Bom Dia Fá!

    Tudo se compõe e se decompõe
    como a ausência da fala
    o silencio.
    Mas a essência ainda esta viva
    o pensamento.
    E outono é a nudez do inverno
    A espera da primavera.

    Bjinhos uma ótima semana.
    Kokhmahá.

    ResponderEliminar
  5. É no outono que pressentimos que a felicidade não existe...
    Belo texto.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  6. ... apesar de tudo não é dos piores meses. Hoje, por exemplo, está um dia de sol muito agradável (depois da tempestade a bonança... ) e a temperatura aqui pela capital anda pelos 24 graus. E é o mês em que nasci. Como é que poderia dizer mal dele?! Para mim, que já vivi muitos Outonos, o Inverno é bem mais agreste... diria o senhor de La Palisse...

    bjs. e sorrisos.

    ResponderEliminar
  7. Um texto inspirado, desenrolando as palavras do Outono. Parabéns pelo seu espaço...
    Um abraço
    Chris

    ResponderEliminar
  8. *
    outono
    a invernal transição,
    preparação
    dos rebentos primaveris !
    ,
    Maresias de iodo, deixo,
    ,
    *

    ResponderEliminar
  9. Como está minha Senhora?
    Espero que bem.
    Em relação ao Outono,estou preocupado.Avizinham-se maus tempos para os lobos.Todos os anos é a mesma coisa.Nada a fazer.
    Quanto à musica em fá menor,é do meu agrado.
    Foi um prazer visita-la.

    O LOBO

    ResponderEliminar
  10. ola FÁ ja algum tempo que nao passav por aqui....hoje resolvi fazer uma visita....pois é com a xegada do outono veem outras coisas mais como as depressoes a vontade de estar isolado mas tudo ha-de passar...a vida tem de seguir. beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Não gosto do Outono...por alguma razão, não é?

    Uma boa semana.

    ResponderEliminar
  12. Sim há um tempo para tudo.
    Ao ler-te penso que deveria aprender a saber esperar. Mas com esta idade ...:-)
    Por isso vivo à velocidade da luz (Há quem diga que morrerei como vivo:-))
    Isto para dizer que a tua escrita me dá paz.

    Bjs

    ResponderEliminar
  13. Apesar de gostar mais do bom tempo também sei que cada estação tem o seu momento. Depois, o Outono também tem o seu encanto. O sentir o cheiro a terra molhada após as primeiras chuvas e a procuro do agasalho... Bjs

    ResponderEliminar
  14. Olá Fá,
    Eu costumo olhar para o Outono de uma outra forma...talvez mais poética:
    «Outono é outra primavera, cada folha uma flor».
    Tenta fazer isso e vais ver como encontras coisas diferentes!

    Um dia lindo. Beijinhos!

    ResponderEliminar
  15. Es lindo octubre, bello poema te mando un beso

    ResponderEliminar
  16. Sim, tudo tem um tempo. Eu olho o outono com encanto das folhas amarelicas e outros douradas e por trazer o prenuncio do recomeço, quando tudo floresce.Cada estação tem suas características que vou acompanhando. Este ano, a primavera me surpreendeu com belas brotos e flores em meu pequeno cultivo com orquideas. Bela postagem. bjs

    ResponderEliminar
  17. Um bom outono, Fá...
    Há poesia em qualquer estação do ano... Beijos.
    ~~~~~

    ResponderEliminar

«a vida, a meu ver, é polarizada entre a prosa – ou seja, as coisas que fazemos por obrigação, que não nos interessam, para sobreviver – e a poesia – o que nos faz florescer, o que nos faz amar, comunicar. E é isso que é importante.»
(Edgar Morin)

poderá também gostar de:

Tons Maiores: